terça-feira

Banco de Portugal contratou por convite filho de Durão Barroso


Luís Durão Barroso foi contratado sem concurso para o Departamento de Supervisão Prudencial. A regra no banco é contratar por concurso salvo situações de "comprovada e reconhecida competência profissional".
O Banco de Portugal contratou o filho do ex-primeiro-ministro e ainda presidente da Comissão Europeia para o Departamento de Supervisão Prudencial, onde iniciou funções há cerca de um mês. A contratação ...

________________

Obs: Provavelmente, o convite dirigido ao filho do maior DESERTOR político pós-25A em Portugal - inspirou-se no modelo de REGULAÇÃO falhada do BdP - hoje ruinosamente dirigido pelo xerife Carlos Costa. Se assim foi, fica tudo em linha, mas a República e os portugueses - são, mais uma vez, violentados com estas práticas anti-republicanas, anti-meritocráticas e até anti-regulamentares - porque violam as práticas desenvolvidas na própria instituição. 

- Ante isto, pergunto-me o que estão à espera para IMPUGNAR este miserável convite/concurso feito, seguramente, sob as barbas de CCosta, que também já deveria ter sido DEMITIDO - pela sua péssima prestação à frente de tão relevante instituição em Portugal. 

______________________

Etiquetas: , ,

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home