quarta-feira

Dos charters ao licor. Evocação de Paulo Futre


Hoje é o dia em que o país se esvai em charters para Itália para ver o Benfica derrotar o Sevilha nesta taça da Europa.

Será o dia em que as previsões de deslocação de pessoas feita por esse "grande futurólogo", Paulo Futre, se concretizam.

E será também o dia em que Dona Isabel Jonet, que gere o banco alimentar e prescreve um conjunto de princípios morais, dirá que os portugueses continuam a viver acima das suas possibilidades, por isso são pobres.

Este é o país da bola e do licor que, na ausência doutras alegrias, elege o futebol para mostrar que existe e sobrevive à recessão agravada por um bando de gente impreparada que colonizou o aparelho de Estado e não sabe o que fazer ao poder que o povo lhe concedeu em urna. 

______________

Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home