sexta-feira

Dia Internacional Contra a Corrupção

Resultado de imagem para dia contra a corrupçãoNota prévia: Se pensarmos na justiça económica, financeira e social em Portugal temos logo uma fotografia do que é ou representa a corrupção em Portugal. Quantos banqueiros foram presos em Portugal? E quantos maçons, muitos deles envolvidos em actos de corrupção (activa e passiva), já foram julgados e condenados? A percepção em Portugal é que com dinheiro e advogados habilidosos ninguém é detido e a corrupção compensa. As instituições judiciárias queixam-se de falta de recursos humanos e informáticos para desenvolver esse combate na sociedade. Uma coisa é certa, em Portugal anda estamos na pré-história desse combate, pelo que a corrupção lavra entre os meios político, económico e financeiro - levando benefícios a todos os players e, mais grave, o país depara-se com ordenados escandalosos na administração da CGD - e é o próprio PM que se queixa de que esse valores foram fixados pela lei - e nada se faz para alterar uma lei iníqua que deveria ter sido alterada em sede legislativa. Afinal, os deputados da maioria têm aquilo que se chama "iniciativa legislativa" para alterar e propôr novos projectos de lei, mas se não o fazem é por algum motivo. Eis uma boa questão para o chefe da geringonça num dia que seria suposto ser mais de acção e menos de fachada. 

______________


O Dia Internacional Contra a Corrupção observa-se a 9 de dezembro.
A data foi instituída pela ONU com a assinatura da Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção, a 9 de novembro de 2003. A Convenção entrou em vigor em 2005.
O objetivo da data é consciencializar sobre a corrupção a nível mundial e enaltecer o papel da ONU no combate à corrupção. Neste dia incentiva-se à denúncia de corrupção, à divulgação da data nas redes sociais, à criação de ações e de eventos de combate à corrupção e à doação de fundos a favor dos mais desprotegidos.
Portugal surge na 14ª posição dos países mais corruptos da União Europeia. A nível mundial, Portugal é o 28º país menos corrupto do mundo (dados de 2015), segundo a Agência de Transparência Mundial que analisa a corrupção anualmente em 170 países do globo.
Os países nórdicos são considerados os menos corruptos do mundo (1º Dinamarca, 2º Finlândia e 3º Suécia).
________________

Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home