terça-feira

Pessoa - Tabacaria -

Nota prévia: Portugal está assim, em plena Tabacaria, em absoluta incompreensão de si, em desvario até daqueles que designou para (des)governar o país desde 2011, e, em 2015, ainda cometeu o erro de reforçar essa legitimidade que, sendo "relativa" esbarrou com a parede "absoluta" das esquerdas que resolveram fazer a sua revolução copernicana da política à portuguesa e dar as mãos e os pés (veremos se dão a cabeça!!). 

Dito isto, talvez o verdadeiro problema dos portugueses decorra do facto de sermos como "o Esteves - sem metafísica". Quando era preciso tê-la, olhamos para o lado e assobiámos ao cochicho.  Eis o que explica, em larga medida, o impasse desesperante em que caímos. 

____________


[...]
Fiz de mim o que não soube, 
E o que podia fazer de mim não o fiz. 
O dominó que vesti era errado. 
Conheceram-me logo por quem não era e não desmenti, e perdi-me. 
Quando quis tirar a máscara, 
Estava pegada à cara. 
Quando a tirei e me vi ao espelho, 
Já tinha envelhecido. 
Estava bêbado, já não sabia vestir o dominó que não tinha tirado. 
Deitei fora a máscara e dormi no vestiário 
Como um cão tolerado pela gerência 
Por ser inofensivo 
E vou escrever esta história para provar que sou sublime. [...]
____________

Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home